JORGE MANUEL FLORES é licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (1987), mestre (1992), doutor (2004) e agregado (2012) em História dos Descobrimentos e da Expansão Portuguesa pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, onde foi professor assistente (1994-2003).
Actualmente, é Professor de História Colonial Europeia e Sistemas Pós-Coloniais no Instituto Universitário Europeu (Florença). A sua pesquisa tem-se centrado no estudo da história do império português na época moderna. Em particular, o seu foco de interesse são as interacções sociais e culturais entre os Portugueses e as comunidades extra-europeias, bem como a formação de imagens e representações interculturais. É especialista em história da expansão europeia na Ásia (em especial a Ásia do Sul) recorrendo frequentemente a fontes e outros materiais portugueses e ocidentais para o estudo destas temáticas.

Entre as suas mais recentes publicações encontram-se: Portugal, the Persian Gulf and Safavid Persia (Peeters, 2011, com Rudi Matthee), Re-exploring the Links: History and Constructed Histories Between Portugal and Sri Lanka (Harrassowitz Verlag and Calouste Gulbenkian Foundation, 2007) e The Inverted Mirror. Asian Images of the Europeans, 1500-1800 (Lisboa: Centro Científico e Cultural de Macau, 2007).

Read also