A obra "Ourivesaria Portuguesa de Aparato: séculos XV e XVI" procura divulgar uma das mais extraordinárias vertentes do património artístico português que, sendo reconhecida internacionalmente é, paradoxalmente, ainda uma das menos conhecidas entre nós. Trata-se de obras em prata, na sua quase totalidade salvas, decoradas com os mais variados temas, desde a História Clássica ao Antigo Testamento, sem esquecer o imaginário fantástico medieval: testemunhas únicas da cultura portuguesa da época dos Descobrimentos. - Tal objetivo justifica que a obra inclua as mais importantes peças existentes em Portugal e no estrangeiro: caso dos museus nacionais, designadamente o do Museu Nacional de Arte Antiga e do Palácio Nacional da Ajuda; diversas coleções privadas portuguesas; e ainda as mais significativas obras que integram museus estrangeiros, designadamente norte-americanos, ingleses, franceses, alemães, austríacos e espanhóis.